Miami: Um passeio pelo Museu Vizcaya

Quer um bom motivo para dar uma pausa no seu intenso roteiro de compras em Miami? Conheça o Museu e jardim Viscaya, um casarão antigo que tem um jeitão de palácio Europeu com jardins maravilhosos, um incrível acervo de antiguidades e de frente pro mar. Um lugar bem gostoso para passar o fim da tarde.

231019_220557454638750_1008001_nUm pouco de História

Construída entre 1914 e 1922, a mansão Viscaya serviu de casa de veraneio para James Deering, um executivo do setor industrial (na época Vice Presidente da International Harvester), socialite e colecionador de antiguidades. A arquitetura do local foi inspirado nas antigas casas veraneio do interior da Italia, a mansão foi projetada em conjunto por Paul Chalfin, Francis Burrall Hoffman, Jr. e Diego Suarez.

A origem do nome

Exibido, Deering buscava construir mais do que uma casa, ele queria um mito. O Nome Viscaya, vem de um suposto comerciante famoso na América Espanhola: Viscaino, e que na época muitos julgavam ser um dos responsáveis pelo nome “Biscayne” (pequena ilha ao lado de Miami onde esta localizado o museu). Ao americanizar o nome Derring consegui algo, único bonito e diferente. E para completar o show, Deering e Chalfin escolheram uma Caravela Espanhola como o símbolo do lugar.

Visitando o museu Viscaya.

O Museu é dividido em duas partes, o interior da casa que infelizmente não pode ser fotografado e os jardins.

250309_220557417972087_8194417_nO Interior do Museu Viscaya

A casa é repleta de peças de arte e decoração, quadros e móveis. A casa tem três andares sendo o terceiro apenas um anexo com alguns quartos de visita. No primeiro andar, o mais bonito, estão a biblioteca, uma sala de música, sala de jantar e um enorme e aconchegante patio italiano no centro. Muitas das salas do primeiro andar foram projetadas para abrigar objetos espalhafatosos trazidos da Europa. No segundo andar há uma série de quartos e quartos de visita.

Os Jardins Viscaya

230167_220557464638749_2092137_n

Chegamos ao meu pedaço preferido do passeio, os jardins repletos de fontes, cascatas e algumas excentricidades do milionário.

Parte superior não pode ser visitada por cadeirantes

O interior da casa pode ser visitado com cadeira de rodas, mas os quartos estão na parte superior e não tem elevador. Eles deixam uma televisão no térreo com vídeos mostrando todo os ambientes do segundo andar.

[Best_Wordpress_Gallery id=”1″ gal_title=”Vizcaya”]

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *