Como morar legalmente nos EUA em 4 passos

Antes de ler o post Como Morar nos EUA Legalmente, leia primeiro o post anterior Tipos de Visto Americano clicando aqui que é a primeira parte.  Se você veio de lá… continue em frente!

Como eu disse no outro post, antes de decidir ficar fora de status nos Estados Unidos esgote todas as suas possibilidades.

Não estou falando que é impossível viver fora de status mas também não quero te incentivar a fazer isso.

De qualquer modo, se está lendo esse artigo, você é grandinho suficiente para decidir o que é melhor para você.

Minha intensão é te mostrar formas de como morar nos EUA legalmente e aumentar suas chances de ter um Green Card no futuro (o que é bem mais difícil de conseguir depois que a pessoa fica fora de status).

Note porém que falei mais difícil e não impossível…

Viver fora de status é a realidade de milhões de pessoas. Mas a principal desvantagem de viver assim é que se algo acontece no Brasil e você precisa sair dos EUA, não conseguirá voltar mais ou pelo menos não conseguirá voltar por um bom tempo.

Como morar nos EUA legalmente

Em primeiro lugar precisamos esclarecer alguns pontos.

Morar legalmente seria: estar dentro de status, com permissão de trabalho ou dinheiro para se manter enquanto não tem permissão de trabalhar. Já que como turista ou estudante você não terá essa permissão, salvo em alguns casos específicos.

Ou seja, se você quer ficar 100% legal, precisa se enquadrar em todas as particularidades do visto escolhido e ponto final. Se você está como turista por exemplo e começar a trabalhar, sinto te informar que não está 100% legal, uma vez que é proibido que turistas tenham renda no país.

Contudo, porém, no entanto, se considerarmos legalmente apenas o quesito “ficar dentro de status”, que é a maioria dos casos, podemos encontrar algumas saídas.

Aliás, um bom advogado de imigração ajudará nisso. Por isso é tão importante que consulte um antes de começar todo o processo. Normalmente a primeira consulta é gratuita.  😉

Vou te dar agora algumas ideias de como morar nos EUA legalmente, ou melhor, dentro de status para ajudar a abrir sua mente antes que simplesmente opte por ficar fora de status.

Se você ainda não leu sobre os tipos de visto no post anterior, dê um pause nessa leitura, clique aqui e conheça primeiro os tipos de visto americano.

Talvez você tenha direito à algum visto que não precisará de nada disso que falarei agora.

Mas se você já leu o post anterior e não consegue ver outra alternativa além de entrar nos EUA como turista e ficar fora de status, continue lendo.

Passo 1: Entrando nos Estados Unidos

como morar nos eua legalmente (2)

Para quem não tem pelo menos $50 mil dólares para investir ou não tem direito à nenhuma cidadania como expliquei no post anterior, existem duas opções de visto mais fáceis e comuns para entrar: Turista e Estudante.

Características Turista Estudante
Saldo bancário Apenas o suficiente para gastar durante a “viagem”, normalmente $100 por dia. $13mil dólares + $6.5mil dólares por dependente. Esse valor pode variar de escola e período à estudar.
Permissão para ficar nos EUA Máximo 6 meses por ano. Enquanto estiver estudando em uma escola credenciada.
 Extensão Quase impossível. Automaticamente, enquanto você estiver estudando.

Dentre os dois, eu recomendaria tentar primeiro o visto de estudante. Por que? Simples… com o visto de estudante emitido no Brasil será possível entrar e sair dos Estados Unidos sem problemas, quando quiser. Além disso, você estará estudando o inglês, que será muito último para você e poderá abrir portas futuramente.

O valor a comprovar acima normalmente é para um ano de curso. Caso tenha menos do que isso, pense na possibilidade de dar entrada no visto usando um curso de 3 ou 6 meses. Preenchendo o formulário corretamente, poderá continuar estudando depois desse período e o visto será renovado automaticamente.

Vale lembrar que esse é um valor mínimo. Quanto mais puder demonstrar em conta, melhor. Você poderá usar inclusive o saldo dos seus familiares.

Mas se não for aprovado ou você não tiver o dinheiro para dar entrada, ainda tem a opção de vir com o visto de turista, levantar a grana enquanto estiver aqui e depois fazer a troca de status.

Pensa comigo… se você não tem dinheiro suficiente em conta para solicitar o visto de estudante, vale a pena entrar como turista, fazer uma grana primeiro e trocar de status depois. É melhor do que ficar juntando dinheiro no Brasil retardando seu sonho. Bom… eu penso assim, mas cada caso é um caso!  :oops

Lembrando que apesar de ser bem comum, não é garantido que conseguirá o carimbo para ficar seis meses com o visto de turista. Mas o não você já tem, certo?

CONTINUANDO…

Outra coisa importante é que se fizer a troca de status nos EUA, não poderá sair do país. Ou melhor, se sair, precisará dar entrada no pedido do visto de estudante novamente pelo Brasil apresentando uma carta da escola afirmando que você já estuda lá.

Passo 2: Criando uma estratégia

como morar nos eua legalmente (3)

Como eu disse, você poderá ficar nos EUA com o visto de estudante enquanto estiver estudando. Mas não dá para estudar o resto da vida não é mesmo?

Então se você não é solteiro e não tem a chance de casar e ganhar o green card pelo casamento, talvez a melhor opção é pensar em abrir um negócio futuramente.

Se tiver direito à cidadania num país que tenha o tratado de comércio como citei no post anterior, faça um plano de médio ou longo prazo para investir em uma empresa.

Mesmo que hoje não tenha dinheiro para investir nem para pagar o processo de cidadania, tenha como meta conseguir isso nos próximos anos através das suas economias ou quem sabe até investidores?

Ainda que não tenha direito à cidadania pense em criar uma empresa e colocar pessoas para trabalhar para você. Dependendo do valor que conseguir colocar nessa empresa e dos empregos que gerar, ela poderá ser um caminho em direção à residência permanente também.

Caso não almeje empreender, depois de certo tempo poderá começar à trabalhar na escola ou faculdade.

Sinceramente não sei ao certo por quanto tempo poderá trabalhar como estagiário ou algo do tipo, mas é algo à considerar.

Passo 3: Mantenha-se na linha

como morar nos eua legalmente (4)

Não entendo a mentalidade de algumas pessoas. Depois que chegam no país começam a fazer um monte de coisa errada.

Se você está buscando uma forma de como morar nos EUA legalmente, por favor, quando chegar, tenha atenção à tudo.

Por exemplo: Se for dirigir, tire a carteira de motorista. Aprenda a dirigir nos Estados Unidos para evitar chamar atenção e principalmente evitar um acidente. Cuidado com a velocidade e suas ações no trânsito. Não entre em brigas. Não compre documentos falsos.

Enfim, fuja de tudo aquilo que pode envolver polícia! Tente andar o mais correto possível.

Passo 4: Não desista de fazer o certo

como morar nos eua legalemente

Ainda que tudo tenha dado errado. Ainda que não tenha conseguido permanecer dentro de status, não desista de fazer o certo.

Continue evitando problemas e especialmente neste caso, pague suas taxas ao governo.

Apesar de não ter uma data certa, de tempo em tempo é comum sair uma anistia no país. Através dessa anistia é possível regularizar toda a situação e ganhar o green card.

Porém, para usufruir desse direito, precisará cumprir alguns requisitos e esses são dois dos mais importantes: não ter problema com a polícia e estar em dia com as taxas. Contudo, é possível também pagar o retroativo todo de uma vez quando sai a anistia. Mas concorda que pode ser um valor alto demais para pagar de uma vez só?

Você já sabe como morar nos EUA legalmente, agora é com você!

Bom… acho que é tudo isso! rsss

Agora que você já tem ideias de como morar nos EUA legalmente, poderá usar uma dessas estratégias ou criar a sua própria de acordo com sua realidade.

Meu papel aqui era apenas te dar um norte. Espero que tenha ajudado!

Por favor, antes de deixar o blog, faça um comentário aí embaixo falando sobre o que achou e quais suas expectativas. Ficarei muito feliz e me ajudará bastante!

 

Fonte: http://partiuusa.com.br

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *